The Alloy of the Law – Bangue Bangue c/Magia no mundo de Mistborn! #nitroblog #resenha

Brandon Sanderson deve ter um exército de escritores no porão de sua casa, escrevendo livros para o cara. Só pode ser isso, em dez anos ele escreveu 13 livros! O cara escreve sem parar e com qualidade! Quem me dera ser tão prolífico assim!

The_Alloy_of_Law_Cover

Alloy of the Law é uma livro curto para os padrões do Sanderson (tem 400 páginas) o que faz com que a história seja muito focada no personagem principal e no principal conflito. O formato caiu muito bem para o estilo da história, uma mistura de narrativa de detetive, com ação, bangue-bangue, magia e steampunk.

A narrativa se passa trezentos anos depois da trilogia Misborn e o mundo avançou até um período histórico análogo ao final do século 19 no nosso mundo. A aventura acontece tanto na metrópole Elendel que está agora à beira da modernidade, com ferrovias, iluminação elétrica e até os primeiros arranha-céus de aço-moldado de corrida para as nuvens, quanto no Oeste Selvagem do cenário, chamado de Roughs, terras da fronteira.

As magias de Allomancy e Feruchemy (magias que envolvem metais, um sistema bem original) continuar a desempenhar um papel neste mundo renascer. Nas terras de fronteira conhecidas como Roughs, são ferramentas cruciais para aqueles que tentam estabelecer a ordem e a justiça.

O protagonista é Waxillium Ladrian, um Twinborn raro que pode empurrar em metais com sua Allomancy e usar Feruchemy para se tornar mais leve ou mais pesado à vontade.

Alloy-of-Law-UKsm

Depois de vinte anos nos Roughs, Wax deve agora pôr de lado suas armas e assumir as funções da competência do chefe de uma casa nobre, descobrindo que as elegantes mansões e ruas arborizadas da cidade pode ser ainda mais perigoso que as planícies empoeiradas dos Roughs.

Uma série de crimes coloca Wax em uma trilha de investigação tanto em Scadrial quanto nos Roughs,na qual ele conta com a ajuda duma pessa raríssima chamada Wayne, um ex-meliante que também é um Twinborn.

O romance tem muito humor, ação, mistério e é muito divertido! O final deixa margens para várias continuações, e eu suspeito que Wax será uma espécie de Sherlock Holmes do Sanderson.

Para variar, a prosa e a caracterização são perfeitas, e as famosas reviravoltas de roteiro do Sanderson aumentam mais ainda o prazer do livro.

Recomendo Alloy of the Law para aqueles que leram Misborn, mas quem nunca leu Sanderson, é um bom livro para começar!

Fan Art do Alloy of the Law e até um Jornal Fictício de Elendel

alloy_of_law___allomancer_jak_by_inkthinker-d4fowr4 alloy_of_law___original_broadsheet_comp_by_inkthinker-d4fothu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s