Conheça a Flash Fiction, histórias completas de até 1000 palavras! #nitroblog

O que é Flash Fiction!

Flash Fiction é um estilo de literatura ou ficção de brevidade extrema. Não existe uma definição fixa da quantidade de palavras que faz uma Flash Fiction, mas elas giram entre 300 a mil palavras.

avatars-000037179081-yea920-crop

Os primeiros usos do termo “flash fiction” foram registrados nas referências críticas ao livro  “Flash Fiction: Seventy-Two Very Short Stories” uma antologia desse tipo de literatura publicada em 1992.

ff-2

Na China, o estilo da flash fiction é frequentemente chamado de histórias do “comprimento de uma serpente” ou “do tamanho de uma palma de mão”. Outra comparação chinesa é que as flash fictions são histórias que o leitor terminaria de ler ao fumar um cigarro por inteiro. Tem que ser um cigarro bem curtinho esse!

flashfiction

Outros nomes para flash fiction é sudden fiction (ficção de supresa), micro fiction, micro-story, postcard fiction ou short short story. Em português são comuns os termos microcontos, nanonarrativas e minificção para esse tipo de literatura. Existe também o termo micro fiction, usado para histórias com menos de 300 palavras.

flashfiction

A História da Flash Fiction

A flash fiction é tão velha quanto a literatura. Suas raízes remontam às Fábulas de Esopo, e seus praticantes incluem Saadi of Shiraz (“Gulistan of Sa’di“), Bolesław Prus, Anton Chekhov, O. Henry, Franz Kafka, H.P. Lovecraft,Yasunari Kawabata, Ernest Hemingway, Julio Cortázar, Arthur C. Clarke, Ray Bradbury, Kurt Vonnegut, Jr., Fredric Brown, Italo Calvino ,  entre vários outros baluartes da literatura mundial.

flash-fiction

Entre os escritores latinos temos Jorge Luis Borges e Adolfo Bioy Casares. Aqui no Brasil, muitos poetas e escritores foram mestres da arte do microconto ou flash fiction.Millôr Fernandes, por exemplo, experimentou com todo o tipo de forma de microconto e de flash fiction em suas colunas nos jornais e revistas.

A internet e o uso dos smartphones ajudou a divulgar e a popularizar as Flash Fictions, que se adaptam perfeitamente para o cotidiano agitado das pessoas. Fanfiction de fantasia, ficção científica e horror estão crescendo em popularidade graças as redes sociais e a nerdelização da sociedade.

Elementos de uma Flash Fiction

Apesar da definição de Flash Fiction ser muito disputada, existe um certo consenso do que pode ser considerado Flash Fiction. O texto teria que ter as seguintes características:

1) Ser uma história completa até no máximo 1000 palavras.

2) Ser um tipo específico de história, onde tudo foi resumido a sua essência mas ainda mantendo a estrutura de uma história completa, com trama, narrativa personagens, conflitos e resoluções.

lifes-too-short

Como escrever uma Flash Fiction

Definindo a flash fiction como uma história completa, ela sempre deveria possuir as três partes tradicionais de uma história: começo, meio e fim, tudo dentro do limite máximo de mil palavras.

Estrutura de uma Flash Fiction

Começo – Introdução do conflito, ou do tema da história, do que levou a narrativa. O segredo é colocar trama, personagem e cenário de uma só vez. A arte está em fazer isso com o mínimo possível de palavras.

Meio – Ação. No meio da história vemos o desenvolvimento do conflito, as ações e reações dos personagens tanto no nível físico quanto mental e emocional. Esse é o local onde pode se preparar uma reviravolta da trama na resolução da Flash Fiction.

Fim – Resolução. Essa parte resolve o conflito. É o local ideal para se colocar reviravoltas, que dão muita força para sua flash fiction.

Essa estrutura não é rígida, e pode ser alterada de acordo com a criatividade e a habilidade do escritor. Jorge Luis Borges, por exemplo, arrebentou com toda e qualquer estrutura em suas flash fictions, mostrando o quanto se pode fazer com o limite de mil palavras. O importante é passar para o leitor a sensação de ter lido uma história completa.

Técnicas para escrever Flash Fiction

A Flash Fiction força o escritor a adotar um estilo minimalista de escrita. Para evitar gastar palavras demais, evite usar metáforas ou símiles.

Resumos narrativos funcionam melhor em Flash Fiction do que mostrar a ação minuto-a-minuto, como é feito em livros ( famoso Show versus Tell, ou Mostrar ao invés de Narrar).. O ideal é mostrar (show) pelo menos uma pequeníssima parte da história e narrar (tell) a maioria dos outros elementos, para manter um equilíbrio prazeroso para o leitor.

Diálogos devem ser usados de uma forma minimalista, cortando todas as palavras possíveis para focar no objetivo principal do diálogo.

Procure sempre abrir sua flash fiction com um gancho, jogando de cara o leitor no conflito ou dilema principal da história. Quanto mais chamativo e emocionante for a primeira frase da sua flash fiction melhor.

E para finalizar, tenha certeza que é uma história completa, com começo (estabelecendo a situação), meio (mostrando a ação que o conflito da história provocou) e o final (apresentando uma resolução do conflito).

E agora vamos escrever Flash Fiction, porque Flash Fiction é doidimais!

Melhores Sites de Flash Fiction que encontrei (inglês):

Flash Fiction Online – Muitos textos legais, editados e selecionados.

http://flashfictiononline.com/main/

Flash Fiction World – Outro site essencial para quem quer conhecer as flash fictions. Textos selecionados e editados, e de onde tirei grande parte das informações para escrever este artigo.

http://www.flash-fiction-world.com

Ecletic Voices, trocentas flash fictions e até seriais de flash fiction!

http://eclecticvoices.org/

Exemplo de Flash Fiction:

A princesa e a ervilha
por Hans Christian Andersen

17092

Era uma vez um príncipe que queria se casar com uma princesa; mas ela tinha que ser uma princesa de verdade. Ele viajou por todo o mundo para encontrar uma, mas em lugar algum ele conseguiu encontrar o que ele queria. Havia muitas princesas, mas era muito difícil descobrir se elas eram verdadeiras. Havia sempre algumas coisas nelas que não eram como deviam ser. Então ele voltou para casa novamente e ficou triste, porque ele gostaria muito de encontrar uma princesa de verdade.

Uma noite caiu uma forte tempestade acompanhada de trovões e raios, e a chuva caía torrencialmente. De repente alguém bateu no portão de entrada da cidade, e o velho rei foi abrí-lo.

Era uma princesa que ali estava em frente ao portão. Mas, que pena! a visão que a chuva e o vento fizeram dela. A água caía de seus cabelos e das roupas; e escorriam até os dedos dos seus sapatos e chegavam até o calcanhar. No entanto, ela dizia que ela era uma princesa de verdade.

“Bem, logo descobriremos,” pensou a velha rainha. Mas ela não disse nada, foi para o quarto, tirou todos os utensílios que estavam na cabeceira da cama, e colocou uma ervilha no fundo; depois ela pegou vinte travesseiros e os colocou em cima de uma ervilha, e depois colocou vinte edredões em cima desses travesseiros.

A princesa teria de dormir em cima deles a noite toda. Ao amanhecer, lhe perguntaram como ela tinha dormido.

“Oh, muito mal!” disse ela. “Nem sequer consegui fechar os olhos a noite toda. Deus sabe lá o que havia na cama, mas eu estava deitada em cima de alguma coisa muito dura, então eu fiquei com o corpo todinho marcado. Foi horrível!”

E foi assim que eles descobriram que ela era uma princesa de verdade porque ela havia sentido a ervilha através dos vinte travesseiros e dos vinte edredões.

Ninguém, exceto uma princesa de verdade poderia ser tão sensível como ela.

Então o príncipe a tomou como esposa, pois agora ele sabia que ela era uma princesa de verdade; e a ervilha ficou exposta num museu, onde ela poderia ser vista, se ninguém a roubasse.

Gostaram!, esta é uma história verdadeira.

Anúncios

5 comentários

  1. Achei muito interessante esse formato flash-fictions, essa é a primeira vez que tive contato/conhecimento sobre esse tipo de texto. mas baseado no texto que você colocou como exemplo, me parece ser superficial. me pergunto como seria possível escrever personagens complexos ou mesmo tramas ( não que eu consiga de qualquer outra maneira, mas… ) com apenas mil palavras, ou esse formato se baseia nessa premissa. se conhecer alguns textos em português por favor, porque o meu ingles é péssimo ficaria agradecido. quero saber mais sobre esse formato.

    • Olá César! Flash-fiction é para desafiar o escritor a fazer o máximo com o mínimo de palavras. É mais para causar um impacto emocional no leitor, a sensação de ter lido uma história. 🙂 Não sei de exemplos em português, só em inglês. E tem a minha flash fiction que postoaqui. Valeu pelo comentário!

  2. Adorei o Flash-fiction, eu escrevia dessa forma e nem sabia q era FF. Achava q era um incompetente por nao ser verborragico. Geralmente quando escrevo gosto de ir direto ao ponto, sucinto pois acho desnecessário um milhao de linhas pra dizer ”ah o assassino é o mordomo”

    Valew. to acompanhando seu blog muito doido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s