Star Wars:Lost Stars – Claudia Gray,SW:Tarkin e SW:Darth Plagueis – James Luceno,SW:Heir to the Jedi – Kevin Hearne | NITROLEITURAS #resenhas #starwars

Aproveitando o fim de ano para ficar em dia com a nova literatura do Star Wars! E hoje só livraço doidimais veéééééio!

lost-stars-cover


Lost Stars (Star Wars: Journey to the Force Awakens)Lost Stars by Claudia Gray
My rating: 4 of 5 stars

Lost Stars (Journey to Star Wars – The Force Awakens) – Claudia Gray | 2015, Disney Lucasfilm Press, 551 páginas | #starwars #ficçãocientífica | Lido de 26 a 28 de Dezembro, 2016 | Nota 4.2/5 | NITROLEITURAS

Fantástico, fantástico, fantástico!

LOST STARS quebra os limites do gênero dos romances de franquias e conta uma história completa, com romance, ambiguidade moral, amizade e quebra de amizade, questões de lealdade e de honra, e absolutamente focada no desenvolvimento do casal de protagonistas.

LOST STARS é muito legal, muito imersivo, e ainda agrega ao cenário de STAR WARS mostrando a trajetória de vida de um casal durante o período do Império.

Seguindo o tropo clássico de dois amigos que se tornam amantes, cujas jornadas de vida os colocam em lados opostos de uma guerra, Cláudia Gray impressiona usando da simplicidade da trama, uma história de amor e amadurecimento junto com um bom equilíbrio de drama, ao mesmo tempo que revela os bastidores dos eventos da Série Clássica (Episódios IV, V e VI).

Os que servem ao Império são descritos com realismo, mostrando as ambiguidades e as racionalizações feitas pelos Imperiais, para justificar a crescente brutalidade do governo a que servem. E mostra até que existem pessoas bem intencionadas no Império, mas que, por causa de uma série de circunstâncias, só conseguem ver a crueldade imperial tarde demais.

Trama na medida, protagonistas MUITO bem construídos, linguagem direta e eficiente, uma voz narrativa viciante e que me tornou um fã da Cláudia Gray, ou seja, tudo que um fã de Star Wars, e até um fã de Ficção Científica estilo Ópera Espacial irá apreciar.

Recomendadíssimo!

View all my reviews


Tarkin (Star Wars)Tarkin by James Luceno

Star Wars: Tarkin – James Luceno | Del Rey,2014 | 288 páginas | Nota 4/5 | NITROLEITURAS

#starwars #ficcçãocientífica #resenha

Seguindo minhas leituras de Star Wars, depois de descobrir o trabalho excelente do James Luceno, parti para TARKIN, que conta sobre o passado do Grand Moff Tarkin, sua infância brutal no planeta Eriadu, sua ascenção ao poder e finalmente, o momento em que assume o posto no mega-triunvirato do mal, Palpatine-Vader-Tarkin, que daria até para virar uma banda de brutal metal escandinavo, em um outro universo e em uma galáxia distante!

O livro é muito legal, as cenas de “amizade” entre Vader e Tarkin me fizeram pular de alegria nerd, e o ponto de vista imperial é mostrado de uma maneira clara. Tarkin constantemente revela suas motivações e as razões por trás dos atos do Império, mesmo que sejam, para outros olhos, extremamente cruéis e movidas por um desejo de supremacia total e controle de toda e qualquer diferença de opinião. Ou seja, um fascismo 2.0 versão Star Wars, muito bem descrito pelo James Luceno.

A história envolve também movimentos iniciais de organização da Aliança Rebelde, mas ainda focada em ações mais terroristas do que de criação de um alternativa de resistência ao Império que não use as mesmas táticas imperiais.

Um livro curto mas muito bom, excelente para fãs de Star Wars!

View all my reviews


Darth PlagueisDarth Plagueis by James Luceno
My rating: 4 of 5 stars

Star Wars: Darth Plagueis – James Luceno | Lucas Books, 2012, 401 páginas | Lido de 30 de Dezembro, 2016 à 1 de Janeiro de 2017 | Nota 4.2/5 | NITROLEITURAS

James Luceno, como um dos mais experientes escritores de Star Wars criou um livro muito interessante com DARTH PLAGUEIS, que, bem ao estilo do lado negro da força, engana logo pelo título.

Sim, é um livro sobre Darth Plagueis, o Lorde Sith que treinou Palpatine, e que é uma lenda entre o pessoal do lado negro.

Mas o foco mesmo é na formação de Darth Sidious – Palpatine, e no elaborado plano de destruição da República e criação do Império Galáctico.

James Luceno consegue reunir diversas narrativas do período pré Guerras Clonicas em um todo coeso, além de mergulhar fundo no ponto de vista dos Sith sobre a Força e o papel do Lado Negro no desenvolvimento dos povos da Galáxia.

Por esse ponto de vista mais sombrios, DARTH PLAGUEIS é bem diferente do que se espera de uma aventura de Star Wars, com um ritmo mais lento, e uma trama focada das conspirações de Palpatine e seu mestre.

DARTH PLAGUEIS é essencial para quem quiser entender a fundo o fantástico e complicado plano de Darth Plagueis e Palpatine para derrubar a República, incluindo a criação do exército de clones, a conversão do Conde Doku para o lado negro, a formação de Darth Maul, entre muitos outros elementos.

E James Luceno consegue um feito extraordinário, não só contextualizando os midichlorians dentro da clássica visão mais mística da Força como integrando esse elemento na trajetória dos Siths.

O livro também torna os eventos da Ameaça Fantasma mais compreensíveis e muito mais interessantes, mostrando o que acontecia nos bastidores, do ponto de vista de Palpatine e de Darth Plagueis.

Recomendadíssimo para fãs de Star Wars!

View all my reviews


Heir to the JediHeir to the Jedi by Kevin Hearne
My rating: 3 of 5 stars

Star Wars: Heir to the Jedi – Kevin Hearne | Del Rey 2015, 291 páginas | Lido de 01.01.16 à 02.01.16 | Nota 3.5/5 | NITROLEITURAS

Uma história focada no Luke Skywalker, no período entre o Episódio IV e o Episódio V, logo depois que ele destruiu a primeira Estrela da Morte.

Escrito pelo Kevin Hearne, o autor da elogiada série Iron Druid, que preciso ler urgentemente, HEIR TO THE JEDI coloca Luke em uma aventura estilo “sidequest” para a Aliança Rebelde, onde enfrenta caçadores de recompensa, alienígenas monstruosos estilo Aliens, e conhece uma cultura baseada na matemática, e até tem um tempinho para um “romancezinho” básico.

Toda essa trama mirabolante é mais uma estrutura para que o autor mostre o estado interno do Luke depois da perda de Obi Wan Kenobi e a destruição da Estrela da Morte.

Como o livro é narrado em primeira pessoa, que é bem diferente do que normalmente vejo nos livros do universo Star Wars, esse mergulho na alma do jovem Luke Skywalker é o ponto forte de HEIR TO THE JEDI.

No final, é um livro mais leve do que os anteriores que li ultimamente do universo Star Wars, e bem divertido, mesmo que um pouco episódico demais, o que lhe dá um ar de “filler”.

Mas curti muito a prosa, e a voz em primeira pessoa do próprio Luke Skywalker, principalmente nos momentos em que ele enfrenta dificuldades com toda a “falta de jeito” do jovem piloto de X-Wing, antes de seu treinamento com o Mestre Yodal!

Recomendo para fãs de Star Wars que queiram descobrir mais sobre esse período da vida do Luke!

View all my reviews


Érika & Newton – Inglês por Skype

Faça uma AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês:
https://melhoreseuingles.wordpress.com/

Curta Nossa página no Facebook:
https://goo.gl/qcPQUK

Nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês:
https://goo.gl/KYns5i


CONTATO

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF


Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb


erika-e-newton-ingles-por-skype
FACEBOOK

https://www.facebook.com/erikaenewton/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s