MOBY DICK, BILLY BUDD and OTHER STORIES – Herman Melville, HEART OF THE SEA – Nathaniel Philbrick | NITROLEITURAS #resenhas

Seguindo nas leituras do ano, depois de conhecer a prosa carioca-noir do Luiz Alfredo Garcia-Roza, passo para a leitura e releitura de alguns clássicos que estavam já mofando na minha lista de leitura. E finalmente encaro uma releitura de Moby Dick. Depois engatei Billy Budd and Other Stories, uma coletânea de contos e noveletas, incluindo a famosa Bartleby, o Escrivão, do mestre Melville. Para completar a viagem literária, escolhi o recente Heart of the Sea, do Nathaniel Philbrick, que reconta a história real em que Herman Melville se baseou para escrever Moby Dick. 🙂 E “vamo que vamo”!


mobydick


Moby-Dick; or, The WhaleMoby-Dick; or, The Whale by Herman Melville
My rating: 4 of 5 stars

Moby-Dick – Herman Melville | Penguin Classics, 720 pgs, 2003 (1ª ed. 1851) | Nota 5 em 5

Um dos maiores clássicos da literatura mundial, a obra-prima de Meville que merece ser lida e relida de tempos em tempos. Dessa vez, vi na obra a luta entre o homem universal contra a terrível condição humana da mortalidade e da falta de sentido intrínseco na vida, movido por um desejo de transcendência pelos próprios esforços de sua temporária e breve existência. Maravilhoso!

SINOPSE
Moby-Dick é um romance do autor estadunidense Herman Melville. O nome da obra é o do cachalote enfurecido, de cor branca, que havendo sido ferido várias vezes por baleeiros, conseguiu destruí-los. Originalmente foi publicado em três fascículos com o título de Moby-Dick ou A Baleia em Londres em 1851, e ainda no mesmo ano em Nova York em edição integral.

O livro foi revolucionário para a época, com descrições intrincadas e imaginativas das aventuras do narrador – Ismael – suas reflexões pessoais e grandes trechos de não-ficção, sobre variados assuntos, como baleias, métodos de caça a elas, arpões, a cor branca (de Moby Dick), detalhes sobre as embarcações, funcionamentos e armazenamento de produtos extraídos das baleias. O romance foi inspirado no naufrágio do navio Essex, comandado pelo capitão George Pollard, quando este foi atingido por uma baleia e afundou.

RESENHA

Clássico é clássico. Ponto final. Dá para sentir a força da prosa em cada linha, que já foi minunciosamente examinada por batalhões inteiros de estudiosos, críticos literários, e centenas de milhões de leitores. E Moby-Dick é impressionante mesmo.

Nessa releitura, feita no original em inglês, notei que, talvez lendo com “olhos de escritor”, a maestria de Melville na prosa. Até mesmo as extensivas passagens descritivas sobre baleias e tudo, e TUDO MESMO que envolve a pesca da baleia no século XIX, são belíssimas, bem escritas e seguindo regras de retórica que, infelizmente, se perderam no tempo. A beleza da escrita, o modo como Melville mistura poesia com prosa, algo comum entre os mestres da literatura do período, me deu até uma vontade radical de só ler romances do século XIX, o período de ouro da literatura. Não sei se é pelo ritmo do período, mais lento que o nosso e que permitia aos escritores um foco impressionante em suas escritas, ou pela grande erudição desses autores de clássicos, a literatura do século XIX, exemplificada em Moby-Dick é medonhamente sensacional.

O livro é cheio de cenas lendárias, passagens de monólogos impressionantes, e um final que considero um dos melhores de toda a literatura, um clímax que humilha qualquer um desses blockbusters de Hollywood.

Recomendadíssimo, ou melhor, leitura obrigatória mesmo.

View all my reviews


Billy Budd and Other Stories Billy Budd and Other Stories by Herman Melville
My rating: 4 of 5 stars

Billy Budd and Other Tales – Herman Melville | Penguin Classics, 1986 (1ªed. 1853), 416 pgs. | Lido de 25/02/17 a 27/02/17

Os melhores e mais famosos contos de Herman Melville, o autor de Moby Dick.

SINOPSE

Depois do fracasso de crítica de Moby-Dick e de seu romance “Pierre” , Herman Melville ficou obcecado com as dificuldades de comunicar a sua visão para os leitores. Essa sensação de isolamento está no centro dessas obras posteriores. “Billy Budd, Sailor”, um clássico confronto entre o bem eo mal, é a história de um jovem inocente incapaz de se defender contra uma acusação injusta. As outras seleções aqui – “Bartleby, o Escrivão”, “As Encantadas”, “Benito Cereno”, e “A Praça” – também lidam com metanarrativa, descrevendo o modo como a ficção é criada e compartilhada com os leitores.

Em sua introdução Frederick Busch discute a preocupação de Melville com a sua “correspondência com o mundo”, sua disputa com o silêncio, e por que a ficção era, para Melville, “uma questão de vida ou morte.”

Contos do livro
Bartleby
A praça
As Encantadas –
O sino-torre –
Benito Cereno –
O Paraíso dos solteiros e Tártaro de empregadas domésticas –
Billy Budd, marinheiro.

RESENHA

Impressionante seleção de contos do mais alto nível literário, impressionante beleza de prosa e bem marcantes. Bartleby e Billy Budd, por exemplo, são dois dos melhores contos que já li na vida. Melville é fenomenal, compromissado completamente em passar a verdade nua e crua da condição humana. É um escritor cruel e complexo, sua ficção é feita por camadas, e possui uma visão trágica das encrencas morais e éticas em que as almas podem se enveredar. O homoerotismo é evidente, principalmente para um leitor do século XX, e reflete a complicada sexualidade de Melville, que também explica muito de seus problemas familiares, principalmente na última parte de sua vida.

Recomendo a leitura, principalmente do fantático conto Bartleby, o Escrivão (cuja trama foi retrabalhada pelo nosso grande Luiz Garcia-Roza em seu livro Perseguido), e o trágico Billy Budd, que, segundo o prefácio de Frederick Busch, foi inspirado pelo suicídio do filho de Melville, que deu um tiro na própria têmpora ao fazer dezoito anos de idade.

Os outros contos são também muito bons, principalmente quase lovecraftiano Benito Cerrano.

Nota 4 em 5!

View all my reviews


In the Heart of the Sea: The Tragedy of the Whaleship EssexIn the Heart of the Sea: The Tragedy of the Whaleship Essex by Nathaniel Philbrick
My rating: 4 of 5 stars

In the Heart of the Sea: The Tragedy of the Whaleship Essex (No Coração do Mar) – Nathaniel Philbrick | 238 pg., 2001, Penguin Books | Lido de 28.02.17 a 01.03.17 | Nota 4 em 5 | NITROLEITURAS #histórico #não-ficção

Um livro fantástico sobre a cultura baleeira de Nantucket, que inspirou a obra-prima Moby-Dick.

SINOPSE

Em 1820, o baleeiro Essex foi atacado por um cachalote enfurecido e afundou. O que se seguiu foi uma longa provação pelas águas do Pacífico – os marinheiros se amontoaram em 3 botes nos quais navegaram por 3 meses, passando por todo tipo de dificuldades, chegando à prática do canibalismo. Este episódio, relatado pelos sobreviventes, inspirou Herman Melville a escrever ‘Moby Dick’. Baseado em amplas pesquisas e fontes inéditas, o historiador Nathaniel Philbrick reconstitui todos os detalhes da tragédia. ‘No Coração do Mar’ reúne informações minuciosas sobre cada aspecto da história e é uma aventura que desafia o leitor a refletir sobre os limites da capacidade de sobrevivência humana.

RESENHA
Li “In The Heart of the Sea” (que já saiu no Brasil com o título de “No Coração do Mar” logo depois de ler “Moby Dick” e a coleção de histórias do Herman Melville , “Billy Bud and other tales”, o que me lançou de cabeça na cultura baleeira de Nantucket. Recomendo essa leitura em conjunto, a imersão é impressionante, e o meu respeito e admiração pela obra prima de Melville só cresce com isso.

“In The Heart of the Sea” é muito bem escrito, gostoso de ler, com o autor quase que criando um romance. Philbrick é fera em contar histórias, e a saga dos sobreviventes do naufrágio de Essex é impressionante, e serve como uma espécie de “Moby Dick Parte 2”, contando o que aconteceu com os sobreviventes.

Recomendadíssmo, um livro-modelo de como se escrever não-ficção histórica fascinante de se ler. Como eu sempre digo, nas mãos de um escritor hábil, qualquer assunto fica interessante.

View all my reviews


Érika & Newton – Inglês por Skype

erika-e-newton-ingles-por-skype
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Para aulas de Inglês Individuais por Skype e fazer UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA, basta entrar em contato no prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 9143-7388. PREÇOS ACESSÍVEIS!

Saiba mais sobre as minhas aulas de inglês, incluindo preços, nesse link: https://goo.gl/F79OqK

O conteúdo programático do nosso curso pode ser lido nesse link: https://goo.gl/pzSJDt

Meu currículo completo pode ser lido nesse link:
https://goo.gl/ReJafX

As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:
https://goo.gl/6vreb2

Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês:
https://melhoreseuingles.wordpress.com/

Curta Nossa página no Facebook:
https://goo.gl/qcPQUK

Nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês:
https://goo.gl/KYns5i


CONTATO

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF


Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s