VIDEO AULA DE ESCRITA | Dicas para Escrever o CLÍMAX e a RESOLUÇÃO da sua HISTÓRIA! | NITRODICAS 63 #dicasdeescrita #dicasparaescritores

Nesse vídeo direcionado para escritores iniciantes, falo sobre como escrever o CLÍMAX e a RESOLUÇÃO da sua história!

Décimo-Primeiro e ÚLTIMO Vídeo sobre ARCO DE PERSONAGENS!

PLAYLIST dos Vídeos sobre ARCO DE PERSONAGENS (Ordem Cronológica)
http://tinyurl.com/y9yner5c

PLAYLIST das DICAS PARA ESCRITORES (Ordem Cronológica)
http://tinyurl.com/yadn3kz4

DOWNLOAD DO ROTEIRO (PDF)
ND#063 _ Como escrever um CLÍMAX ESPETACULAR!! #dicasdeescrita
Link: http://tinyurl.com/y7quh7oz

maxresdefault.jpg

VIDEO AULA DE ESCRITA | Dicas para Escrever o CLÍMAX e a RESOLUÇÃO da sua HISTÓRIA! | NITRODICAS 63 #dicasdeescrita #dicasparaescritores

Olá pessoal, eu sou o escritor Newton Nitro e começa agora mais um NitroDicas, meu vlog de dicas e sugestões para escritores iniciantes!

Nesse DÉCIMO e ÚLTIMO vídeo sobre ARCOS DE PERSONAGENS, irei falar sobre como escrever um CLÍMAX ESPETACULAR!

O Clímax é o motivo principal da sua história!

É no CLÍMAX que o autor revela qual foi a verdadeira jornada de seu protagonista.

Em um Arco de Mudança Positiva, é no clímax que o autor mostra para o leitor se o sofrimento e as lutas enfrentadas pelo protagonista serviu para alguma coisa.

O Climax é onde o protagonista prova que ele realmente é um indivíduo muito diferente do que era quando iniciou sua jornada.

Se você como escritor fez o seu trabalho direito, seus leitores testemunharam a evolução interior e exterior de seu protagonista.

Eles o viram se abalar quando foi expulso do seu MUNDO INICIAL, ou MUNDO NORMAL.

Eles observaram suas reações desesperadas enquanto ele tentava recuperar o equilíbrio, após o desastre do Primeiro Ponto de Virada no FINAL DO PRIMEIRO ATO, e durante a Primeira Metade do Segundo Ato.

Eles viram a revelação que ele teve no SEGUNDO PONTO DE VIRADA, ou Ponto Médio, e sua transição subseqüente para longe da Mentira Em Que Acreditava e ir em direção para a Verdade Que Ele Necessita.

Eles o viram agir de acordo com a Verdade Que Ele Necessita no Terceiro Ponto de Virada – e pagar o preço por ter agido dessa forma.

Agora, quando chegamos na metade do Terceiro Ato, o conflito se acelerou, chegando ao MAIOR PONTO DE TENSÃO entre o protagonista e o antagonista.

Se o protagonista quiser ter alguma chance de vencer esse conflito, ele deve provar que é capaz de solidificar a Verdade Que Ele Necessita em sua alma.

Se o protagonista não conseguir reunir todas as lições aprendidas em toda a história e mantê-las firmes em sua alma nesse momento, quanto a pressão é maior, quando o conflito chega em seu ponto máximo, quando o antagonista testa a sua firmeza de decisão, tudo estará perdido para sempre.

O Clímax é uma cena ou série de cenas que obriga o protagonista a enfrentar o conflito principal da narrativa em um confronto decisivo.

O Clímax traz o conflito primário para uma resolução de uma maneira que cumpre todas as promessas da narrativa, ao mesmo tempo que surpreende os leitores de maneiras agradáveis, porque nem tudo o que acontece é o que eles poderiam ter previsto.

Pelo menos, o ideal é que o CLÍMAX seja, ao mesmo tempo lógico de acordo com o que veio antes e imprevisível em relação a sua resolução!

O Clímax começa no meio do terceiro ato em sua história e deve terminar logo antes de uma ou duas cenas finais.

No final do Terceiro Ato, temos um ataque renovado contra o novo paradigma adotado pelo Protagonista, testando sua nova consciência da Verdade Que Ele Necessita.

Embora esse ataque renovado, na maioria das vezes,continuará direto no próprio Climax.

O significado psicológico de tais contra-ataques é que as neuroses, falhas, hábitos, desejos ou vícios que desafiamos ao abraçar a Verdade Que Necessitamos podem, depois de recuar por um tempo, se recuperar em uma defesa de última hora ,ou em um ataque desesperado antes de serem vencidos para sempre.

Se o conflito exterior do protagonista com o antagonista estiver intimamente relacionado ao conflito interno do protagonista, o protagonista não pode se livrar desse ataque psicólógico, desses últimos momentos de dúvida, dessas inseguranças, antes da cena do Clímax!

O antagonista pode agredir o protagonista com a Mentira Que Ele Acreditava, martelando a pele recém cicatrizada que se formou sobre essa ferida antiga.

É a famosa cena quando o antagonista acusa o protagonista de ser um hipócrita, de não ter mudado de verdade, de continuar sendo aquele ser que acreditava na Mentira Inicial.

Porque a Mentira Que o Protagonista Acredita inicialmente é o ponto fraco do protagonista, e o antagonista sabe disso, ou tem algum meio de intuir o que seja.

Quando o Protagonista resiste a esse ataque renovado e abraça completamente a Verdade em Que Acredita no Clímax, ele harmoniza seus conflitos exteriores e interiores.

Esse ataque renovado, quando bem feito, aumenta as apostas e a tensão.

Os leitores ficam completamente envolvidos emocionalmente, porque sabem muito bem que, se o Protagonista não conseguir completar o seu arco agora, o antagonista irá destruí-lo.

Porém, como o Clímax é uma parte muito movimentada de sua história, você nem sempre terá tempo e espaço para completar logicamente o arco psicológico de seu personagem ao mesmo tempo em que ele está lutando contra o antagonista.

Dependendo do ritmo da sua história, você pode decidir que sua melhor escolha é fazer com que o Protagonista enfrente Mentira Que Acreditava Inicialmente sua Mentira e abrace a Verdade Que Necessita antes de começar o Clímax.

Cada história é diferente da outra, cada narrativa tem suas peculiaridades.

Teste a construção do clímax e veja qual é a mais apropriada para a sua história.

Seja como for, antes ou durante o Clímax, o seu protagonista rejeitará os últimos resquícios de dúvida sobre a Mentira em que Acreditava e abraça completamente a Verdade Que Necessita.

E assim ele ficará, finalmente, completamente centrado e empoderado para enfrentar o antagonista.

E sua transformação está completa!

O Clímax do Arco do Protagonista começa quando este age de acordo com a Verdade Que Necessita, mas agora completamente sem dúvidas.

Nesse ponto, a única que permanece agora é mais sobre as ramificações de sua nova Verdade em que acredita, mais do que nas suas escolhas internas.

Ele poderá se questionar se a Verdade é suficiente para vencer o Antagonista. Ele pode temer ser destruído em nome dessa Verdade. Ele pode questionar se vencer o Antagonista valeu a pena, etc.

Mas sua decisão pela Verdade que Necessita já está feita.

Uma das maiores coisas a se observar com esse tipo de final é garantir que o personagem aprenda sua lição muito perto desse Clímax.

Se esses eventos ocorrem muito distantes, o elo causal entre o aprendizado da lição e o sucesso final no clímax é enfraquecido.

Evite esse problema fazendo com que a escolha final para aceitar completamente a Verdade Que o Protagonista Necessita aconteça muito perto ou junto com o Clímax.

O Momento Climático é o clímax dentro do Clímax.

É o momento que resolve o conflito geral da história.

O Momento Climático, é a cena principal que os leitores esperavam desde o começo da história.

É o momento que o conflito principal da história termina, o momento protagonista em que o destrói finalmente e conclusivamente a força antagônica.

O obstáculo entre ele e sua meta dentro da história desaparece.

Isso não significa, entretanto, que o personagem necessariamente obtém a Coisa que Ele Quer, que estava ligada à Mentira Em que Ele Acreditava Inicialmente.

Histórias de Arco de Mudança Positiva são principalmente sobre o personagem encontrar a Coisa que Ele Precisa, que é ligada à Verdade Que ele Necessitava para se transformar em um novo indivíduo.

Como tal, no momento em que ele atinge seu objetivo dentro da narrativa, o objetivo em si pode ter transformado completamente, de modo que ele não deseja mais a coisa que ele queria inicialmente.

Ou ele ainda pode desejar a Coisa que Ele Quer, mas ele a rejeita, pois não é a Coisa que Ele Precisa, depois de aceitar a Verdade Que Ele Necessitava.

Por exemplo, no filme Homem-Aranha de 2002, no final Peter Parker rejeita a oportunidade de um relacionamento com Mary Jane, porque ele sabe que é a única maneira de protegê-la.

O relacionamento com Mary Jane era a Coisa Que Ele Queria durante a narrativa, porém, depois de aceitar a Verdade Que Ele Necessitava, ou seja, usar de seus poderes com responsabilidade, a Coisa Que Ele Precisa é aceitar sua nova identidade como Homem-Aranha, com todas as consequências que essa escolha gerou.

Ou ele pode ganhar a Coisa que Ele Quer, mas só porque agora ele está se concentrando na Coisa que Ele Precisa.

Por exemplo, no romance Emma de Jane Austen, Emma se casa com o Sr. Knightley, que era a Coisa Que Ela Queria, mas apenas porque ela superou seu egoísmo e vaidade, que era a Coisa Que Ela Precisava.

Vamos ver alguns exemplos do Clímax:

No Clímax de Jurassic Park, o Dr. Grant luta contra os velociraptors arriscando sua própria vida, a fim de salvar as crianças, enfrentando o Conflito Principal da narrativa, representado pelos Dinossauros.

Dessa forma, ele MOSTRA que abraçou a Verdade Que Ele Necessitava, de que ele reconhecer o erro dos cientistas terem trazido os dinossauros de volta a vida, apesar das enormes descobertas científicas realizadas, e vencendo sua obsessão com dinossauros evidente no começo da narrativa.

Como é uma narrativa de ação pulp, o foco aqui está mais na AÇÃO, na luta física, sem grandes arcos psicológicos.

O Momento Climático chega quando o T-Rex entra no lobby e destrói os velociraptors, permitindo que o Dr. Grand e as crianças escapem.

O Momento Climático é uma cena de tensão, com antagonistas dinossauros, previsível pela narrativa, mas ao mesmo tempo surpreende, com o aparecimento do T-Rex.

Que parece mas não é um Deus Ex Machina, quando uma força de fora da narrativa ou não muito presente aparece e resolve o conflito principal.

No caso de Jurassic Park, o T-Rex era um elemento que estava ativo dentro da narrativa e logicamente consistente com o enredo.

No Clímax de Toy Story, os outros brinquedos zombam da ideia de que Woody mudou sua ideia sobre Buzz Lightyear, mesmo depois de ele pular na van em movimento para salvá-lo.

O Momento Climático chega quando ele e Buzz pousam com segurança no carro de Andy, o que mostra que Woody realmente mudou, e agora aceita que Buzz tem todo o direito de ser o brinquedo favorito de Andy.

No Clímax de Carros, Relâmpago abraça seus amigos e reconhece a importância deles em sua vida quando eles se tornam sua nova equipe.

Ele corre com propósito renovado, recuperando o terreno perdido.

Porém, como é um Clímax mais complexo e mais estendido, mesmo que sua atitude em relação aos habitantes de Radiator Springs seja demonstravelmente diferente de como ele os tratou no começo, ele ainda não fez nada para provar sua devoção à Verdade Que Ele Necessitava, ou seja, superar seu Egoísmo.

Ele tem sua chance quando seu rival Chick Hicks age egoisticamente, como Relâmpago teria feito no início do filme, e destrói o respeitado velho carro de corrida Rei.

Relâmpago, prestes a vencer a corrida, vê o que aconteceu e percebe que ajudar o Rei é mais importante do que vencer a corrida.

Em um momento emocionante, ele pisa nos freios logo antes da linha de chegada, permitindo que Chick Hicks vença.

Ele então volta para ajudar o Rei a terminar sua corrida e MOSTRA toda sua mudança!

Ou seja, no caso do Relâmpago, ele rejeitou A Coisa Que Queria, que era a vitória na corrida, para conseguir a Coisa Que Precisava, que era ser mais generoso e mais preocupado com as pessoas em sua volta.

Agora vamos ver algumas Perguntas para te ajudar a construir o CLÍMAX de sua história!

1. Como seu personagem provará para o leitor que ele é uma pessoa mudada no Climax?

2. O ataque renovado à Verdade Que Ele Necessita e que ele aceitara, acontece antes do Clímax ou durante o Clímax?

3. Como a aceitação da Verdade Que Ele Necessitava possibilita sua vitória no conflito exterior?

4. Ele abraça completamente a coisa que ele precisa no climax?

5. Como ele usa a coisa que precisa para derrotar o antagonista?

6. Ele ganha a coisa que ele quer, ou não?

7. Como sua visão da coisa que ele queria durante toda a narrativa mudou?

Agora vamos abordar rapidamente a RESOLUÇÃO de sua narrativa.

O início de sua história fez uma pergunta: O personagem vencerá a Mentira Em que Acredita para ganhar a Coisa que Ele Precisa?

Em um Arco de Mudança Positiva, o Clímax responde a essa pergunta com um retumbante sim.

Mais do que isso, o Clímax fornece uma prova visual e dramática de como o personagem foi alterado pela Verdade.

Seu personagem acabou de completar seu arco.

Ele deixa sua história melhor pessoa do que ele entrou, e os leitores podem ter certeza, quaisquer que sejam as provações que o personagem possa enfrentar no futuro, ele está agora melhor equipado para enfrentá-los.

Tudo o que resta é a limpeza emocional que acontece na Resolução.

Porque precisamos da resolução?

A cena ou as cenas de RESOLUÇÃO existem para contrastar com a CENA DE ABERTURA da sua narrativa.

No começo de sua história, você mostrou seu personagem vivendo em seu Mundo INICIAL ou MUNDO NORMAL, conforme foi moldado pela Mentira em que Acreditava.

Na resolução, você pode mostrar aos leitores o NOVO MUNDO NORMAL que foi construído pela dura realidade do personagem.

Pense nessa cena final como uma recompensa.

Os leitores riram, choraram, sofreram e triunfaram ao lado de seu personagem.

Você não acha que eles merecem apenas um vislumbre da vida nova e melhorada que seu personagem vai viver depois que o leitor fechar o livro?

A Resolução precisa cumprir dois deveres primários ao finalizar o arco de seu personagem.

A primeira dessas tarefas é fornecer uma resposta à pergunta temática que foi levantada no início da história.

O segundo dever é dar aos leitores uma prévia da nova vida do protagonista, livre das mentiras em que ele acreditava.

Em essência, esses dois deveres são dois lados da mesma moeda.

A questão temática da sua história terá sido baseada na batalha interna do personagem entre a Mentira em que Acreditava e a Verdade que ele Necessitava.

Por exemplo, no Homem-Aranha de 2002, a questão temática é notoriamente resumida: será que Peter Parker aprenderá a exercer seu grande poder com igual responsabilidade?

No final do filme, essa pergunta foi definitivamente respondida pelas ações de Peter no Clímax.

Ele foi tão mudado pela Verdade Que Necessitava que no final ele está disposto a sacrificar a única coisa que ele mais quer, o amor de Mary Jane Watson, a fim de ser responsável e protegê-la.

Encontre uma maneira de expressar claramente a resposta à pergunta temática da sua história, seja através das interações entre os personagens, cenas ativas, ações, ou sugestões do futuro.

A resposta à sua pergunta temática deveria estar perfeitamente clara, mas cuidado para não ficar óbvio demais, que é a síndrome da “moral da história”!

A resolução também é o momento de insinuar o futuro do protagonista.

Agora que o conflito principal foi resolvido, o que o personagem fará a seguir?

Como ele vai agir agora que ele é uma pessoa diferente?

Essas mudanças costumam ser melhor demonstradas pela criação de um contraste deliberado entre o Mundo Normal ou Mundo Inicial no começo da história e o NOVO MUNDO NORMAL que agora existe na sequência do conflito.

Esse contraste tem que ser adaptado ao tipo de história.

Às vezes o Mundo Normal do começo da história terá sido destruído, ou o personagem não terá habilidade ou razão para retornar a ele.

Nesses casos, você deve MOSTRAR a diferença somente por meio das ações do personagem na resolução.

Em um Arco de Mudança Positiva, essa cena final deve ser divertida, positiva ou pelo menos conter alguma esperança de um futuro melhor.

Seu personagem acabou de passar pelo inferno.

A esperança está aumentando.

O novo dia está amanhecendo.

Na resolução de Jurassic Park temos uma cena final, na qual o Dr. Grant, que anteriormente era fóbico, segura as crianças adormecidas que ele veio amar, enquanto o helicóptero as leva para um local seguro.

Na resolução de Toy Story temos literalmente novo Mundo Normal, a nova casa de Andy, um outro local físico, que atua como pano de fundo para uma cena de Natal que reflete a cena do primeiro aniversário que desencadeou o arco de Woody.

Aqui, Woody é agora o feliz amigo de Buzz, disposto a compartilhar seu lugar no coração de Andy.

Na resolução de Cars, Relâmpago tem uma cena análoga à sua chocante ação climática, quando qual ele sacrificou na Copa do Pistão para ajudar o Rei a terminar sua última corrida.

Ele recusa o cobiçado patrocinador Dinoco para apoiar os patrocinadores Rust-eze que ele anteriormente desprezava.

Ele então retorna para transformar a pequena Radiator Springs em sua nova sede de treinamento, dando nova vida à cidade de seus amigos, o que também lhe permite perseguir seus sonhos.

Perguntas para ajudar a escrever a resolução do arco do protagonista:

1. Como a sua resolução contrasta o começo da sua história?

2. Como sua resolução reflete o começo de sua história?

3. Como o novo mundo normal do personagem é diferente do original?

4. O personagem retorna ao seu antigo mundo normal? Se não, o que ele pode fazer para mostrar sua mudança e indicar o seu futuro?

5. Como a resolução responde à pergunta temática da sua história?

6. Como você pode declarar a resposta à questão temática no diálogo sem fazer com que pareça uma “moral da história”?

7. Como o seu personagem age de forma diferente na resolução de como ele fez no começo da história?

De certa forma, aprender a criar um Arco de Mudança Positiva sólido é ainda mais complexo do que aprender a estruturar adequadamente uma história.

Se você puder entender o funcionamento psicológico no centro da mudança de seu protagonista, também entenderá como criar uma história sobre um protagonista que muda, de pior para melhor, de maneira convincente.

Não é suficiente simplesmente ter uma mudança de personagem; ele deve mudar de uma maneira que se harmonize com os padrões que todos reconhecemos em nossas próprias vidas e nas de nossa família e amigos.

Os leitores vão ressoar com esses padrões em seus personagens – e eles serão movidos por eles.

E com a resolução, eu encerro essa série de vídeos sobre ARCO DE PERSONAGENS!

********************************************************************
E é isso aí por hoje, espero que tenham gostado! Muito obrigado pela atenção e pela confiança!

Convido a todos a visitarem o NITROBLOG, meu blog de resenhas literárias, dicas para escritores, e onde disponibilizo meus contos e livros para download gratuito, e me siga no Instagram Newton Nitro, para dicas diárias de escrita.

Também trabalho com LEITURA CRÍTICA para ESCRITORES, onde analiso manuscritos e coloco minhas observações, impressões e sugestões para reescritas e edições.

E também faço TRADUÇÕES de Inglês, e revisões de Inglês e Português.

Basta entrar em contato, preços acessíveis.

E para quem estiver interessado, eu trabalho com AULAS DE INGLÊS POR SKYPE, aulas particulares, personalizadas, focadas em conversação para todos os níveis!

E conheça e se inscreva o MELHORE SEU INGLÊS meu canal do Youtube com DICAS DIÁRIAS DE INGLÊS e mais de 800 Vídeo Aulas de Inglês para você aprender inglês sozinho. E nos siga no Instagram!

Fica aqui um grande abraço do NEWTON NITRO e aguardem MARCA DA CAVEIRA, o primeiro volume da trilogia Legião, uma saga de fantasia medieval sombria e adulta, feita para o cenário de RPG LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO da EDITORA REDBOX.

LEGIÃO: A ERA DA DESOLAÇÃO, que também conta com os meus escritos, é o cenário oficial do jogo de RPG Old Dragon e deverá sair em breve!

E vamos ESCREVER, PORQUE ESCREVER É DOIDIMAIS!

Até o próximo NITRODICAS!

ESCRITO POR NEWTON NITRO em 12-91-18


NEWTON NITRO SITES
► NITROBLOG YOUTUBE – Resenhas,Dicas de RPG e Dicas para Escritores:: https://www.youtube.com/user/newtonrocha
► NITRODUNGEON: Dicas de RPG, Aventuras, e Sistemas de RPG para Download https://newtonrocha.wordpress.com/
► NITROBLOG: Resenhas Literárias, Dicas para Escritores, Contos e Livros para Download, Leitura Crítica
https://tionitroblog.wordpress.com/
► NEWTON NITRO INSTAGRAM: Dicas de RPG e para Escritores https://www.instagram.com/newtonnitro/
► NEWTON NITRO TWITTER: Dicas de RPG e Dicas para Escritores https://twitter.com/tionitro
► NITROCAST: Dicas de RPG e Dicas para Escritores: https://nitrocastpodcast.wordpress.com/


MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON! | 900 Videoaulas Gratuitas e Inglês por Skype
► Canal Youtube:Dicas de Inglês http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh
► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/
► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton
► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles
► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com


CONTATO
Newton Rocha | Aulas de Inglês por Skype e Whatsapp | Leitura Crítica | Escritor
WhatsApp: (31) 99143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF
Facebook: https://goo.gl/aokHM1
Twitter: https://twitter.com/tionitro
Google +: https://goo.gl/J35qE8


Conheça e se inscreva no MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON, nosso CANAL NO YOUTUBE de Dicas Diárias de Inglês, com mais de 800 vídeos com videoaulas ensinando a como aprender inglês sozinho, além de AULAS AO VIVO GRATUITAS! 🙂

Siga o MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON!
► Youtube: http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh
► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/
► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton
► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles
► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com


erika-e-newton-ingles-por-skype

Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Para aulas de Inglês Individuais por Skype FOCADAS EM CONVERSAÇÃO e fazer UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA, basta entrar em contato no prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 9143-7388.


PREÇOS ACESSÍVEIS!

As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:
https://goo.gl/6vreb2


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.