Malazan Empire #2 | Night of Knives (A Noite das Facas) – Ian C. Esslemont | Resenha, Citações, Mapas, Ilustrações | NITROLEITURAS – Guia Tio Nitro da Saga Malazan #resenha #releitura #malazan

Este é o 2º post de minhas resenhas da saga MALAZAN EMPIRE, a série que complementa a saga Malazan: Book of the Fallen, escrita pelo amigo do Steven Erikson, o Ian C. Esselmont!

E este é também o 12º  post do meu projeto GUIA TIO NITRO DA SAGA MALAZAN, uma RELEITURA de todos os livros da saga Malazan – Book of the Fallen de Steven Erickson e uma leitura dos livros da saga Malazan Empire de Ian C. Esslemont, para divulgar o universo malazan no Brasil.

GUIA TIO NITRO DA SAGA MALAZAN

MALAZAZ BOOK OF THE FALLEN

Malazan – O Livro dos Caídos – Steven Erikson 

Malazan Book of the Fallen #1 | Gardens of the Moon (Os Jardins da Lua) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #2 | Deadhouse Gates (Os Portais da Casa dos Mortos) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #3 | Memories of Ice (Memórias do Gelo) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #4 | House of Chains (A Casa das Correntes) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #5 | Midnight Tires (Marés da Meia-Noite) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #6 | The Bonehunters (Os Caçadores de Ossos) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #7 | Reaper’s Gale (A Ventania Ceifadora) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #8 | Toll the Hounds (Pague os Cães) – Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #9 | Dust of Dreams  (O Pó dos Sonhos) –  Steven Erikson

Malazan Book of the Fallen #10 | The Crippled God  (O Deus Aleijado) –  Steven Erikson


MALAZAN EMPIRE

O Império Malazan – Ian C. Esslemont

Malazan Empire #1 | Night of Knives (Noite das Facas) – Ian C. Esslemont

Malazan Empire #2 | The Return of the Crimson Guard – Ian C. Esslemont


SINOPSE

Return of the Crimson Guard é o segundo romance de alta fantasia do autor canadense Ian C. Esslemont ambientado no mundo do Malazan Book of the Fallen, co-criado com o amigo e colega de Esslemont, Steven Erikson. Cronologicamente, o Retorno da Guarda Carmesim ocorre após os eventos do sexto romance Malazan de Erikson, Os Caçadores de Ossos. Return of the Crimson Guard é o segundo romance de Esslemont a acontecer no mundo de Malazan, começando com Night of Knives e seguido por Stonewielder.

O retorno da companhia mercenária, a Guarda Carmesim, não poderia ter vindo em pior hora para um Império Malazan exausto pela guerra e enfraquecido por traições e rivalidades. Na verdade, há aqueles que se perguntam se a Imperatriz Laseen não estaria perdendo o controle do poder ao enfrentar a crescente inquietação enquanto reinos e principados conquistados sentem a liberdade mais uma vez.

No caldeirão fervente de Quon Tali – o coração do Império – marcha a Guarda. Com seu retorno, vem a memória do Império – e ainda assim nem tudo está bem com a própria Guarda. Elementos dentro de sua elite, os Confessados, têm como objetivo um poder muito maior. Existem entidades antigas que também buscam promover seus próprios fins misteriosos. E o que dizer do espadachim chamado Traveller que, com seu companheiro Ereko, saiu em busca de um confronto do qual ninguém jamais voltou?

Enquanto a Guarda se prepara para a guerra, os próprios generais e magos de Laseen, os ‘Old Hands’, ficam impacientes com o que eles vêem como sua má administração do Império. Mas poderia Laseen ter enganado todos eles? Ela poderia estar usando os levantes para atrair e finalmente eliminar esses últimos sobreviventes incômodos dos dias de seu ilustre predecessor, Kellanved?


RESENHA

Excelente romance de Esslemont, que mostra uma grande evolução em termos de técnica literária desde o livro anterior, o Night of Knives (Noite das Facas).

Em “Return of the Crimson Guard”, Esslemont narra o conflito épico entre a Guarda Carmesim, um grupo de mercenários liderados por uma centena de guerreiros e magos imortais e superpoderosos devido a um juramento sagrado feito a um antigo Duque de que um dia destruiriam o Império Malazan.

Depois de vários séculos, com a Guarda Carmesim separados em diversos exércitos mercenários espalhados pelo mundo de Malazan, mudanças drásticas no Império Malazan faz com que os diversos Devotos, os guerreiros e magos imortais da Guarda, voltem a se reunir para aproveitar o momento e destruir seus maiores inimigos e a razão de sua existência.

Como os demais livros de Esslemont, eles funcionam melhor se lidos em conjunto com a saga Book of the Fallen do Steven Erickson, criando uma experiência única e imersiva no mundo de Malazan.

Return of the Crimson Guard acontece entre os eventos de “The Bonehunters” e “Toll the Hounds”

A ação, principalmente, ocorre em Quon Tali após a partida da frota de Tavore. É uma época de agitação civil no Império Malazan.

A Imperatriz Laseen encontra sua posição sob ameaça, pois guerras e rebeliões, em vários continentes, deixaram o exército espalhado por muito pouco e com poucos números em geral.

As nações de Quon Tali vêem este como o momento perfeito para iniciar alguns levantes de independência!

Para piorar as coisas, Laseen enfrenta uma luta interna de poder pelo controle, já que seus aliados foram se reduzindo ao longo da série e alguns de seus subordinados menos confiáveis ​​veem uma chance de liderar a si próprios.

Além desses problemas, a Imperatriz do Império Malazan tem ainda que lidar com Deuses e Ascendentes intrometidos e com o retorno prematuro da lendária Guarda Carmesim, que para finalmente busca cumprir os termos do voto que lhes deu a imortalidade e poderes sobrenaturais.

E com isso é pancadaria até dizer chega!

O romance está dividido em três livros, e praticamente metade do livro dois e todo o livro três narram a batalha épica entre os malazans e as forças agregadas à Guarda Carmesin.

Levei um tempo para me acostumar ao estilo do Esslemont, que é bem diferente do Ericksson, mais direto e menos levado a tangentes filosóficas, mas gostei muito da prosa, que passeia por vários pontos de vista sem perder o controle das diversas tramas e subtramas.

O romance também ajuda a exclarecer muita coisa deixada em aberto na saga “Malazan: Book of the Fallen”, principalmente o que aconteceu com o Império Malazan depois que Tavore e seus malazan renegados partem na batalha final envolvendo o Deus Aleijado. Isso faz com que “Return of the Crimson Guard” seja um livro mais que obrigatório para os fãs da saga!

Tem muita coisa legal nesse livro, como a conspiração de Mallick Rel para assumir o trono imperial; as traições e divisões dentro da Guarda Carmesim; as andanças do Viajante e de Ereko sob o ponto de vista do jovem Kyle, um renegado da Guarda e portador de uma misteriosa espada, a formação da liga Talian contra o governo Malazan de Laseen narrada pelo ponto de vista da jovem Ghelel.

Vemos também o nascimento de uma insurreição no continente de Quon Tali, orquestrada e liderada pelos membros da Velha Guarda, todos aqueles ex-companheiros do Imperador Kellanved de que tanto ouvimos falar. O legal é que nesse livro conhecemos os famosos Urko, Crust, o Velho Toc, Amaron, Choss e outros pesos-pesados do passado da saga Malazan.

E muito mais!

Recomendadíssimo, mas é um livro que fica melhor se lido depois da leitura de “The Bonehunters” e “Toll the Hounds”!

RESUMO DA TRAMA – THE RETURN OF THE CRIMSON GUARD

Prólogo

Denuth, um filho da Mãe Terra, explora a cena de uma explosão. Ele encontra Liossercal, o Filho da Luz, ferido; ele tentou atacar um Azath. Liossercal sai antes que Draconus chegue.

Livro 1: Fim da Diáspora

Capítulo 1 (I)

Durante um ano, a Segunda Companhia da Guarda Carmesim sitiou o Spur, uma torre nas planícies do subcontinente de Assalto de Bael. Kyle é um recruta bastante recente; ele veio de uma tribo das planícies e é um adorador de seu deus Pai Vento. Alguns dos guardas, Kyle incluído, estão tentando entrar na torre por baixo, através de uma passagem que eles descobriram. Eles são liderados por Greymane, um renegado Malazan Fist. Eles começam a escalar a torre e são atacados por seu ocupante, o feiticeiro Shen. Greymane de alguma forma adquire uma espada de duas mãos e esfaqueia Shen, que recua e depois morre.

No topo da torre, Kyle é enviado para explorar as salas; mas o mago da companhia, Smoky, primeiro marca sua espada com um símbolo do deus do vento. Depois de um tempo, o guarda encontra um poderoso Ascendente; eles atacam e conseguem repeli-lo. Posteriormente, Kyles percebe que sua espada agora está duplamente marcada com o token do Vento.

Capítulo 2 (II)

Em Unta, Possum, o Mestre da Garra, assiste à execução de um desertor, outrora Punho da Velha Guarda. A irmã do desertor também está assistindo, e Possum a mata.

Na Stratem dois companheiros descem de uma serra, viajando para o sul até o mar onde pretendem construir um navio. Um é chamado de viajante; o outro, um Thel Akai, Ereko. Ambos são fugitivos de Stormwall. Traveller mata facilmente um bando de bandidos. 12 dias depois, eles chegam a uma aldeia costeira semi-abandonada. Enquanto Ereko olha para o mar, ele se lembra do Stormwall e dos Stormriders atacando do oceano. Traveller era um recém-chegado; foi seu sucesso imediato contra os Cavaleiros, mais uma sugestão de sua Deusa, que fez Ereko quebrar suas correntes e escapar da Muralha. Os aldeões restantes explicam que estão sendo atacados repetidamente do mar. Traveller concorda em ajudar a defender a vila assim que reconhecer o equipamento dos invasores.

Em Kurzan, a Guarda Carmesim está negociando o aluguel de alguns navios. Quando as negociações fracassam, eles os pegam: Kyle é um daqueles que nadam para fora e embarca em um navio. Eles são atacados por galeras; um Mago invoca um demônio que ataca Kyle. A espada marcada por token de Kyle é poderosa o suficiente para ferir o demônio, para sua surpresa.

Em Quon Tali, Urko Crust encontra um representante Moranth para confirmar que eles farão parte de uma aliança contra os Malazans. Ele é vigiado por um renegado Garra.

Em Unta, Mallick Rel visita Lady Batevari, uma vidente, aparentemente para uma leitura; isso permite que ele conheça sua companheira, a garota Taya. Ela é filha de Vorcan Radok, o Alto Mago e Senhora da Guilda dos Assassinos de Darujhistan, e ela mesma é uma assassina habilidosa.

Sem que ela mesma soubesse, Ghelel é o último membro sobrevivente de uma antiga família governante Talian, os Tayliin. As tropas de Malazan chegam à propriedade onde ela foi criada, mas ela é salva da captura por seu mestre de esgrima e guardião secreto, Quinn.

Na fronteira Wickan do continente Quon Tali, uma patrulha do exército de Malazan resgata um grupo de Wickans que foi atacado por colonos de Malazan. Eles os levam de volta ao forte.

Fist Genist lidera uma coluna Malazan para Fort Saran nas terras Seti em Quon Tali. Quando ele chega, ele encontra um grupo de veteranos liderados por um homem que afirma ser Toc, o Velho, um lendário líder de cavalaria que se acredita estar morto. Toc se anuncia às tropas de Malazan, que o reconhecem e gritam seu nome.

Capítulo 3 (III)

Storo Matash é o capitão de uma companhia de sabotadores na cidade de Quon Talian, Li Heng. Ele é um veterano e tem a distinção de matar uma vez um Guarda Crimson Confessado. Ele recebe uma mensagem codificada de um velho conhecido que deseja um encontro.

Em Unta, Mallick Rel vai para a costa. Ele é o Sumo Sacerdote de Mael, e o deus obedeceu aos rituais de seu culto. Ele invoca Mael e ordena que apresse a chegada dos navios Secessionista e Mercenário.

Vinte membros da Guarda Carmesim estão há anos presos no subsolo na ilha de Umryg, sepultados por seus antigos empregadores. Eles finalmente conseguem escapar e abrem caminho através do exército Umryg até o mar.

Kital é uma garra recém-iniciada. Ela foi enviada para o Warren Imperial para investigar a interceptação e o massacre de mensageiros imperiais. Ela encontra um cadáver e seu assassino, um homem que se recusou a dar um nome. Ele mata Kital facilmente. O cadáver original é então animado pelo Deus Acorrentado, que oferece ao assassino um lugar em sua casa, que ele recusa.

Há alguns recém-chegados ao The Pit, um campo de mineração na Ilha Otataral. Eles são recebidos por um dos presos originais, Ho, um mago Li Heng, e por Yathengar, que já foi um sacerdote das Sete Cidades. Dois dos recém-chegados parecem incomuns: eles são mais jovens do que a maioria e provavelmente são Magos de Batalha do exército.

Ghelel está sob a proteção de Choss e Amaron, ambos da velha guarda, ambos agora se rebelando contra os Malazans. Eles capturaram uma garra e Ghelel insiste em interrogá-lo. Ele informa a ela que Amaron era um assassino e comandava os Talons.

O capitão Storo vai ao encontro de seu conhecido, seguido por sua empresa sabotadora, que suspeita que seus serviços serão necessários. Storo conhece Orlat e seus associados que tentam recrutá-lo para sua rebelião contra os Malazans. Storo se recusa e a companhia luta para sair e descer até o rio.
Orlat já matou o governador militar de Malazan e pretende ocupar o palácio onde as forças de Malazan estão alojadas. Storo diz que o Exército apoiará quem estiver no comando na manhã seguinte. A companhia entra por uma passagem secreta e ocupa o Templo da Cidade, o centro do poder em Li Heng. Eles são atacados por soldados rebeldes e magos, mas, ajudados por seu mago-assassino Silk e pelo mestre espadachim Rell, conseguem sobreviver até a manhã seguinte.

Capítulo 4 (IV)

O Comandante Shimmer e a Crimson Guard Second Company chegaram ao largo da costa de Stratem, perto de Fortress Haven, que já foi sua base. Alguns, inclusive Kyle, desembarcam e exploram. Eles finalmente encontram alguns membros da Primeira Companhia liderados por Skinner, que parece estar louco. Gradualmente, mais membros da Guarda chegam, incluindo Confessados ​​e Magos. Então, uma noite, Kyle acorda e encontra Stoop saindo do acampamento. Ele o segue e o testemunha conhecendo Skinner e Cowl, o Mago da companhia e mestre assassino. Cowl mata Stoop; quando ele morre, ele diz a Kyle para correr.
Kyle corre por três dias antes de ser capturado por outro mago, Mara, que afirma ter sido Kyle que matou Stoop. Kyle é salvo dela pela chegada de seus camaradas Stalker, Badlands e Coots, os irmãos Lost. Juntos, eles continuam longe da Guarda.

Em Unta, um grupo de proprietários de terras locais se sente forçado pelas circunstâncias a se rebelar e pretende tomar o Arsenal Imperial. Mallick Rel, que incitou sua conspiração, imediatamente os trai, aumentando assim seu poder na Assembleia. No dia seguinte, a Imperatriz Laseen se encontra com seu Conselho. Eles discutem estratégias para reprimir as rebeliões nas províncias, em particular os Quon Talians e os Seti.

No Oceano da Ferrugem do Sul, a galera de escravos Ardent resgata uma dúzia de náufragos de uma jangada. Embora os náufragos pareçam à beira da morte, eles se recuperam com uma rapidez surpreendente e assumem o controle da nave em nome da Guarda Carmesim; um, barras de ferro, mata vários escravos. Eles definiram o curso para Stratem.

Na fronteira de Wickan, o forte que mantém a guarnição de Malazan e alguns refugiados de Wickan é cercado por um grande número de colonos de Malazan. Os colonos apelam ao Tenente Rillish, o comandante, para se render. Ele se recusa.

Traveller e Ereko estão construindo um navio quando dois navios raider chegam; eles contêm Tiste Edur. Traveller não tem dificuldade em matar todos eles, poupando apenas uma bruxa chamada Sorrow. Ela vê Traveller como um profeta ou Ascendente e pede sua orientação; ele a instrui a viajar para o norte e divulgar o que viu.

O capitão Storo e suas tropas restantes estão se recuperando dos ferimentos. Storo e Silk discutem sua situação: eles temem um ataque das tribos Seti ao redor.

Capítulo 5 (V)

Em Unta Korbolo Dom, a Primeira Espada, visita Mallick Rel. Korbolo não consegue entender por que a Imperatriz e Mallick não estão fazendo nada em face da rebelião das Províncias. A explicação de Mallick, de que eles têm poucas alternativas, o satisfaz e ele vai embora; Mallick então o descreve como um tolo e um bode expiatório em potencial.

A guarnição de Malazan sitiada em seu forte de fronteira agora está sendo atacada repetidamente. Os Wickans que eles protegem imploram, sem sucesso, para serem autorizados a tomar parte em sua defesa.

No Warren Imperial, o assassino sem nome detecta outro, escondido observando várias torres voadoras titânicas distantes. Os assassinos lutam e o desconhecido vence usando um warren, Kurald Galain. No entanto, ele se arrepende de tê-la prejudicado e tenta salvar sua vida.

Os sabotadores Hurl e Sunny, além do mago local Liss, fugiram de Li Heng; eles vão como representantes de Storo para encontrar delegados do conselho tribal Seti, os Seti sendo inimigos históricos de Quon Tali. Os delegados Seti são dois xamãs e o Senhor da Guerra, a quem Liss reconhece como Toc, o Velho, um da Velha Guarda. Liss é identificada pelos xamãs como a fonte do voto ou maldição de Liss. Liss, então uma Dançarina do Sol, foi estuprada e expulsa, e amaldiçoou o Seti a vagar perdida até que a aceitassem de volta.

Kyle e seus companheiros estão viajando para o oeste através de Stratem. Eles encontram seguidores locais do Vento, que os ajudam fornecendo um caminho do Vento que funcionará como um atalho. Eles chegam perto da costa e veem um navio recém-construído.

Ghelel está frustrado. Embora nominalmente no comando, na realidade ela é uma figura de proa para Choss e Amaron, que a fazem desfilar pelo acampamento do exército vestida como nobreza com uma comitiva de dez guardas. Eles finalmente explicam: eles

quero que qualquer espião a observe assim; logo ela escapará disfarçada para se tornar uma líder de cavalaria em um grupo de elite, as Sentinelas de Marchland.

As tropas restantes do tenente Rillish estão em menor número e logo serão dominadas. Eles descobrem que a maioria dos Wickans deixou o acampamento por meio de um labirinto que foi aberto pelo auto-sacrifício de seus líderes e xamãs. As tropas de Malazan escapam pelo labirinto e se encontram fora do cerco.

Skinner partiu com três navios, incluindo o do Comandante Shimmer e a segunda companhia. Eles estão indo para Quon Tali, e Skinner decide que é preciso se apressar. Seus magos, portanto, abrem um portal para Warren of Ruse. Os navios passam e são imediatamente paralisados nas Baixas, segundo a lenda, um lugar para onde Mael envia aqueles que o desagradam. Existem navios abandonados visíveis até o horizonte. Eles veem uma luz distante que pode ser o portão de saída e começam a remar em sua direção.

Livro 2: O retorno eterno

Capítulo 6 (I)

Em The Pit, os recém-chegados não se encaixam com os demais. Ho ouve a discussão e percebe que eles suspeitam que os presos estão investigando algo. Eles o pegam ouvindo e o confrontam com sua suspeita: que estão investigando a ação de Otataral. Ho fica surpreso por eles estarem tão perto da verdade. Os recém-chegados afirmam que podem sair a qualquer momento e podem levar os outros com eles se concordarem. Ho se recusa, dizendo que sua pesquisa é muito importante.

Ghelel viaja rio abaixo em direção a Li Heng para se juntar aos Sentinelas de Marchland; não sem dificuldade, pois eles estão alojados em uma vila a alguma distância da cidade. Ela conhece seu líder, Marquês Jhardin. Barras de Ferro e seus homens ficam calmos e são reduzidos a remar. Eles são embarcados em um navio Seguleh; o Seguleh exige que entreguem seus suprimentos. Como isso resultaria em morte por sede e fome, as Barras de Ferro desafiam o porta-voz do Seguleh, aquele com menor status e menor habilidade de luta. Apesar disso, as barras de ferro quase perdem antes de conseguir matar o Seguleh. Como ele agora adquiriu status, o outro Seguleh parte.

Rillish é incapacitado por seus ferimentos e não pode comandar o grupo de crianças Wickan e as tropas Malazan. As crianças estão bem adaptadas às planícies e administram-se bem, embora pareçam estar recebendo ordens de uma das crianças. Eles lutam contra um grupo de colonos e, em seguida, encontram mais Wickans, incluindo Nil e Nether.

Kyle e seus companheiros tentam roubar o navio que Traveler e Ereko construíram. Eles são impedidos e, em vez disso, concordam em se juntar a Traveller e Ereko. Eles partem para The Dolmens em Jacuruku.

Capítulo 7 (II)

Os três navios de Skinner finalmente escaparam de Shoals e chegaram a Unta. Eles desembarcam. Skinner e os outros líderes dirigem-se ao Palácio, mas o encontram quase deserto; eles são recebidos apenas por Mallick Rel. A maioria volta para os navios, mas são atacados tanto por garras quanto por turbas da milícia de cidadãos. Ambos os lados sofrem baixas. Em seguida, há uma explosão imensa na área do Arsenal Imperial, onde as munições Moranth são armazenadas. O choque interrompe a luta e a Guarda Carmesim pode partir.

A Imperatriz Laseen, uma vez a comandante das Garras, havia caçado Confessado durante a luta. Depois disso, ela ordena às forças armadas que se preparem para partir em direção a Li Heng; A própria Laseen estará no comando.

Capítulo 8 (III)

Esperando a Noite – Interpretação de Li Heng durante a noite Storro e sua gangue começaram a defesa – por Shadaan

Toc, o Velho, é o líder das tribos Seti, mas há inquietação: eles estão reunidos do lado de fora de Li Heng, mas não atacam. Toc explica que aguarda novas chegadas, mas é pressionado a montar um ataque, possivelmente prematuro. Outra complicação é o Homem Selvagem dos contrafortes, um agitador desconhecido que denuncia todos os contatos com pessoas não Seti. Toc envia seu ajudante, o capitão Moss, para investigar.

Skinner e Cowl deixam Unta através do perigoso warren Thyr, que derivou do Elder warren de Kurald Thyrllan. Eles são confrontados por quatro Tiste Liosan; Skinner os supera facilmente.

O tenente Rillish descobre que o líder dos Wickans, embora seja uma criança, é Coltaine renascido. Rillish renuncia ao seu posto de Malazan e junta-se aos Wickans, que pretendem invadir em direção a Unta em retaliação pela invasão das terras de Wickan por Malazan.

As tropas de Storo defendendo Li Heng estão surpresas que os Seti estão atacando as paredes enormemente altas. No início, os Seti sofrem muitas baixas, mas então um portão é traiçoeiramente aberto e os invasores entram na cidade. Os defensores recuam para as paredes internas.

Mais tropas da Liga Talian chegam fora de Li Heng, lideradas por Urko, outro da Velha Guarda. Eles ouvem que Laseen e o exército de Malazan deixaram Unta e estão viajando em direção a eles. Os líderes discutem a disposição de suas forças.

Capítulo 9 (IV)

Em Li Heng Storo, os magos sugerem como eles podem sobreviver em face de adversidades esmagadoras. Abaixo da cidade está Ryllandaras, um homem-chacal semidivino. Embora supostamente morto, ele está apenas amarrado. Se for libertado fora da cidade, ele matará soldados em número suficiente para diminuir as chances.

O navio de Ereko chegou à costa de Jacuruku. Quando pousam, recebem a hospitalidade de um emissário local chamado Jhest Golanjar. Ele menciona que fala a língua deles conforme a aprendeu com um contingente da Guarda Carmesim que conquistou um reino vizinho.
No dia seguinte, Jhest tenta recrutar Traveller; quando recusado, ele se revela um mago, fazendo com que Traveller afunde sob o solo. Enquanto Ereko tenta recuperar Traveller, os soldados os atacam, mas são mortos por Kyle e seus amigos. Finalmente, Traveller é trazido de volta à superfície e mata Jhest. Eles partem em seu navio reprovisionado.

No Poço, os recém-chegados foram pegos espionando por Yathengar, que os levou ao centro de suas escavações, onde descobriram uma enorme figura de Jade. Yath faz com que ele exale, e o res

O vento forte sopra um deles, Grief, pela caverna. Para a surpresa de todos, ele não foi morto e se recuperou rapidamente.
Os recém-chegados então dizem que estão lá para resgatar a todos. Eles escalam as paredes da caverna intransponíveis, superam os guardas e baixam uma plataforma para os outros usarem.

A Guarda Carmesim desembarcou em Cawn, saqueou-o e moveu-se para o interior em direção a Li Heng, seu exército reforçado por recrutas locais.

Fora de Li Heng Ghelel e os outros comandantes estão cientes de ‘piratas’ se movendo para o interior em direção a eles. Então, eles descobrem que são a Guarda Carmesim. A tropa de Ghelel viaja para investigar e encontrar seu caminho bloqueado pela Guarda, que ocupou uma ponte importante e as ruínas inexpugnáveis ​​do Santuário de Burn. Eles têm permissão para cruzar a ponte enquanto viajam para o sul, mas são avisados ​​de que não poderão retornar.

Dentro de Li Heng, o grupo de Storo solta Ryllandaras.

Capítulo 10 (V)

Os Wickans invadiram e se aproximam de Unta, que tem poucos defensores desde que o exército de Malazan está viajando para Li Heng. Mallick Rel envia um oficial para negociar com os Wickans.

O grupo de Kyle se aproxima dos Dolmens de Tien, onde acredita-se que o duque K’azz, o líder original da

Guarda Carmesim, esteja preso. Ereko os conduz ao local correto. Eles cavam e encontram o que parece ser um cadáver ressecado. Em seguida, um labirinto se abre e Kallor chega. Ele tem uma reclamação de longa data contra Ereko e pretende matá-lo. Traveller se recusa a evitar isso, pois Ereko o fez prometer que não o faria. Kallor fere mortalmente Ereko, cumprindo assim os termos da promessa de Traveller. Ele ataca e fere Kallor, que se retira para seu warren. Eles retornam ao navio, Kyle tendo pegado uma pedra lisa de Ereko como lembrança.
No navio, eles encontram um velho, Jan; ele naufragou há muito tempo e deseja partir. Kyle concorda em levá-lo ao próximo destino, Quon Tali.

A Aliança Talian faz outro ataque a Li Heng. Logo depois que começa, um dos xamãs Seti avisa Toc que Ryllandaras está livre e se aproxima deles. O maior número possível de pessoas é movido para dentro das paredes externas, onde deveriam estar seguras. Eles fecham o portão, mas os sapadores de Malazan o demolem com munições previamente colocadas.

Os Seti agora não têm proteção contra Ryllandaras, mas em retaliação eles destroem o portão interno também, então o deus-Chacal pode entrar na cidade principal. Apenas Rell pode resistir a ele, e Ryllandaras finalmente se retira.

No dia seguinte, Toc se encontra com Imotan, o xamã da sociedade guerreira Chacal, cuja posição dentro da hierarquia Seti foi enormemente aumentada pelo reaparecimento de seu totem, Ryllandaras. Toc o pressiona a aderir ao acordo que eles haviam feito, a participar da próxima batalha. Imotan concorda ambiguamente que Seti estará lá.

Os estudiosos e magos libertados do Poço estão agora viajando no navio Forlorn da Guarda Carmesim, liderados por Grief, que agora se revela ser Blues. Os Magos estão lavando o máximo possível da poeira Otataral; eles estão cientes dos acontecimentos em Li Heng; para chegar lá a tempo, seu líder Yath planeja um perigoso ritual compartilhado para levar o navio através de um Warren.

O grupo de Kyle, viajando em direção a Quon Tali, encontra uma tempestade mágica que eles não podem evitar. Eles entram e se encontram no Warren of Shadow: Shadowthrone deseja falar com Traveller, e Kyle também vai para a reunião. Shadowthrone quer que Traveller faça algo por ele, e Traveller estabelece duas condições para seu serviço.
Conforme a discussão avança, a espada de Kyle fica cada vez mais quente. Finalmente ele derrete, e dele surge Osserc. Inicialmente, há um confronto entre ele e Shadowthrone, mas eles eventualmente decidem ignorar um ao outro. Osserc dá a Kyle sua espada para substituir a que derreteu.
Traveller concorda em realizar o serviço do Shadowthrone e sai por warren. Os outros também partem.

Capítulo 11 (VI)

O exército de Malazan chegou perto de Li Heng e é confrontado pelas forças da Aliança Talian. A principal vantagem da Aliança será a cavalaria Seti, que deve anular os escaramuçadores de Malazan. Como prometido, Imotan lidera Seti para o campo de batalha; então ele diz a Toc que eles não vão participar da luta e vai embora. Toc segue para tentar dissuadi-lo, mas eles o matam.

Sem a cavalaria, a batalha vai mal para a Aliança e eles eventualmente se rendem. Eles estão prontos para trabalhar no reforço do complexo imperial como uma defesa contra Ryllandaras. Quando eles terminam, seus líderes são presos dentro das paredes, mas as tropas são deixadas de fora, indefesas, até que os líderes concordem em se juntar aos Malazans contra o esperado ataque da Guarda Carmesim.

Marquês Jhardin fica sabendo da derrota e conta a Ghelel. Ele pretende voltar para sua província e informa a Ghelel que ela o acompanhará e se tornará sua esposa. Com a ajuda de Molk, ela escapa do acampamento, mas eles são atacados por dois magos. Molk os derrota, mas ele mesmo é morto.

Livro 3: Destino e Chances

Capítulo 12 (I)

Os líderes da Guarda Crimson encontram emissários dos Malazans. Cada lado se recusa a se render e se prepara para a batalha.

Depois de horas de impasse, a luta começa gradualmente. Os escaramuçadores Malazan se aproximam das tropas de Shimmer e são repelidos por seus Magos. Em seguida, ela e seus subordinados são atacados por vários assassinos de garras. Um, um Mago, puxa-a para o Shadow Warren enquanto magicamente a estrangula. Ela consegue matá-lo, e então é expulsa de Shadow por Edgewalker; mas ele menciona primeiro que K’azz também está lá, e Shimmer é capaz de contatá-lo telepaticamente. Ele diz que Skinner e Cowl o traíram.

Em Unta Mallick, Rel contrata um barco para levá-lo até o porto, para que ele possa contatar Mael e protestar contra ele. No entanto, Mael não está mais sob seu controle: a população local sentiu sua presença e o tem adorado à sua própria maneira, o que o libertou dos laços Jhistal de Mallick. Mael o transporta para Cawn.

Capítulo 13 (II)

Nas planícies de Wickan, Nil e Nether ficaram sabendo do confronto em Quon. Eles decidem intervir do lado de Malazan. Os malazanos ficariam então em dívida com eles, e o preço seria sua soberania. Eles pegam 1000 pilotos veteranos e Rillish; e como os Warren normais têm guardiões que podem intervir, eles pretendem viajar pelo próprio Abismo.

Hurl, Rell e Liss deixaram Li Heng e vão para o campo de batalha. Eles esperam que Ryllandaras seja atraído pelo derramamento de sangue e pretendem atacá-lo.

O grupo de Kyle está sendo liderado por Shadow Warren. Jan admite que é na verdade o duque K’azz. Edgewalker intervém para expulsá-los da Sombra; eles se encontram em Quon, não muito longe do campo de batalha. K’azz contata os irmãos e expulsa Skinner da empresa.

A Guarda Carmesim se divide em duas partes: os leais a K’azz e os seguidores de Skinner. Os últimos continuam a atacar a posição remanescente de Malazan, mas são derrotados pela cavalaria Wickan que repentinamente chega ao campo. Skinner permanece e é atacado por dois membros anteriores da guarda-costas de Dassem Ultor. Eles são subitamente unidos por alguém que parece ser o próprio Dassem Ultor; ele eventualmente fere Skinner e o força a se retirar. O misterioso espadachim então desaparece novamente.

Capítulo 14 (III)

Cinco declarados defendem uma ponte, evitando assim que as tropas kanesas reforcem os malazans. Eles agora estão todos feridos; K’azz, Kyle e companhia os substituem. Kyle acha que a espada de Osserc é magicamente eficaz. Depois de um tempo, emissários Kanese pedem uma trégua: seu usuário de magia detectou a aproximação de uma manifestação de grande poder.

Yath combinou os poderes dos Magos para transportá-los através do Warren de Serc. No entanto, ele começa a atacar a Guarda Carmesim e anuncia sua intenção de se vingar dos Malazans, devastando todo o continente Quon. Ele move o navio para a borda do Caos, em seguida, abre um portão para Quon, criando assim um aluguel. A nave cai no campo de batalha.

Yath reteve os poderes aumentados do Ritual e está atacando o exército Malazan enquanto fortalece o Aluguel: logo ele será autossustentável. O alto mago Tayschrenn chega e enfrenta Yath; eles são combinados uniformemente. Três Véus leais a Skinner atacam Tayschrenn, e um o fere. Tanto Tayschrenn quanto Yath desaparecem no Rent. Um sapador Malazan, Nait, então explode suas munições acumuladas dentro da boca do Rent, que encolhe e desaparece.

Capítulo 15 (IV)

Terminada a batalha e o aluguel não é mais uma ameaça, as tropas relaxam. Entre eles, agora visível, anda Laseen em seu papel de garra: ela matou vários confessos. Seu guarda-costas, Possum, espreita escondido por seu warren; ele percebe que Laseen está se apresentando como uma isca para atrair Cowl. De repente, Cowl ataca Possum por trás e, em seguida, ataca Laseen. Quando Possum se recupera, ele os vê lutando e se junta a eles. Em seguida, outro chega: o assassino sem nome do Warren Imperial, agora identificado como Topper. Ele ataca Cowl, e enquanto eles lutam, eles desaparecem em um Warren. Taya Radok, a assassina de Mallick Rel, aparece atrás de Laseen e a esfaqueia mortalmente.

Logo depois, Mallick Rel chega com reforços de Cawn. Com Laseen e a maioria dos líderes mortos, ele assume o comando.

A Guarda Carmesim se retira para o agora vazio Warren Imperial. Kyle e os irmãos Lost permanecem; eles são levados pela sombra de Stoop para encontrar Greymane, que está escondido no Santuário de Burn. Eles concordam em sair com ele.

Capítulo 16 (V)

Hurl, Liss e Rell ainda estão perseguindo Ryllandaras. Eles encontram um acampamento Seti onde ele massacrou muitos de seus seguidores, incluindo Imotan, seu xamã. Eles encontram Amaron, que se junta ao seu grupo, logo após Urko, Braven Tooth, ‘Temp’ e ‘Sweetgrass’, todos membros da Velha Guarda.

Alguns dias depois, Liss explica seu plano: a ex-dançarina da Aurora fará uma dança ritual para atrair Ryllandaras ao acampamento; a Velha Guarda e Rell irão então atacá-lo enquanto

ele está distraído. Naquela noite ela dança e chega Ryllandaras. Depois de uma luta que deixa Rell e Amaron mortos e os outros gravemente feridos, Liss e Ryllandaras desaparecem juntos em um Portão.

Epílogo

Skinner se encontra, curado, em uma praia com o Deus Acorrentado. Ele concorda em ser o Rei das Correntes de Alta Casa.

Topper perseguiu Cowl até a Deadhouse da cidade de Malaz. Em vez de lutar, Topper Cowl se permite ser levado pela Azath House e é arrastado para o subsolo.

No Ardent, Iron Bars lamenta ter perdido a batalha. O navio deles é então afundado por outro e todos são levados cativos, para serem vendidos aos Korelri para o Stormwall.


COMPRE NA AMAZON

Return of the Crimson Guard: A Novel of the Malazan Empire (Novels of the Malazan Empire, 2) Mass Market Paperback – May 24, 2011


MAPAS DA SAGA MALAZAN

Fonte: Malazan WIKIA – https://malazan.fandom.com/wiki/Maps_in_the_Malazan_Books

Os livros ambientados no mundo Malazan são acompanhados por muitos mapas. Alguns desses mapas têm várias versões diferentes.

IMAGENS DA SAGA MALAZAN


CONHEÇA O CENÁRIO LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG

Meu Cenário de Campanha para jogos de Fantasia Medieval Sombria e Brutal, escrito em conjunto com Antônio Sá Neto!

Legiao

Conheça mais sobre LEGIÃO no link abaixo:
https://newtonrocha.wordpress.com/legiao/

COMPRE o meu livro LEGIÃO – A Era da Desolação – Cenário de Fantasia Medieval Sombria para jogos de RPG (e cenário do meu Romance Marca da Caveira – Trilogia Legião Volume 1) – Prêmio Melhor Suplemento de RPG Nacional 2019 nesse link:
http://tinyurl.com/y4sz2psg

Legiao

NITROCAST – Podcast de DICAS DE RPG e SESSÕES DE RPG GRAVADAS!

https://open.spotify.com/show/484TJnM98xADxVcsNyDdsC

ESCRITACAST – Podcast de Dicas para Escritores, com Carlos Rocha

https://open.spotify.com/show/2zjUtsStTfUnUPOjAiDNJF

NEWTON NITRO SITES

 NITROBLOG YOUTUBE – Resenhas,Dicas de RPG e Dicas para Escritores:: https://www.youtube.com/user/newtonrocha

► NITRODUNGEON RPG BLOG: Dicas de RPG, Aventuras, e Sistemas de RPG para Download https://newtonrocha.wordpress.com/

 NITROBLOG: Resenhas Literárias, Dicas para Escritores, Contos e Livros para Download, Leitura Crítica
https://tionitroblog.wordpress.com/

 NEWTON NITRO INSTAGRAM: Dicas de RPG e para Escritores https://www.instagram.com/newtonnitro/

► NEWTON NITRO TWITTER: Dicas de RPG e Dicas para Escritores https://twitter.com/tionitro

► NITROCAST: Dicas de RPG e Dicas para Escritores: https://nitrocastpodcast.wordpress.com/

► NITROCAST INTERNET ARCHIVE: Site com TODOS as NitroSessions, NitroCasts e Nitroblogs para baixar!
https://archive.org/details/nitrocast

CONTATO
prof.newtonrocha@gmail.com


CURSO MELHORE SEU INGLÊS – Teacher Érika e Teacher Newton

FAZEMOS VOCÊ FALAR INGLÊS EM TEMPO RECORDE!

Aulas de Inglês PERSONALIZADAS e INDIVIDUAIS por Skype ou WHATSAPP!

FAÇA UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA
CONTATO
prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 9143-7388.


PREÇOS ACESSÍVEIS!

CARTAO FINAL

As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:
https://goo.gl/6vreb2


Conheça e se inscreva nos nos canais do MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON para DICAS DIÁRIAS E VIDEO AULAS DE INGLÊS!

► Youtube: http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh

► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/

► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton

► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles

► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.